Título Autor
No jardim de ansiolíticos Escrito por Carol Almeida. Ilustração: Janio Santos
Pela não domesticação de Adélia Escrito por Adelaide Ivánova. Ilustração: Hallina Beltrão
Para que o infinito não retroceda Escrito por Rodrigo Casarin
Mathias Enard: elogio da alteridade Escrito por Márcia Bechara
Hora de falar sobre a poesia portuguesa Escrito por Gianni Paula de Melo
Zuca épica Escrito por Pedro Meira Monteiro
Do que vive do outro lado da porta Escrito por Ronaldo Bressane
Debate estético-político à deriva no espaço Escrito por Carol Almeida
O mar de gelo que há dentro de todos nós Escrito por Ricardo Viel
Retrato de Montaigne, pai da subjetividade Escrito por Kelvin Falcão Klein
Grace Jones acima do céu e do inferno Escrito por Schneider Carpeggiani
Vertigens de Sebastião U. Leite reunidas Escrito por Talles Colatino
A construção noir do Norte do Brasil Escrito por Rodrigo Casarin
O barulho e a dissonância que purificam Escrito por Carol Almeida
Panorama da nossa poesia de baixo ventre Escrito por Schneider Carpeggiani
Quando o erro não pode ser negociável Escrito por Carol Almeida
Por mares nunca antes lidos Escrito por Priscilla Campos
O escaravelho mais datado que mortal Escrito por Santiago Nazarian
Número Zero, de Umberto Eco Escrito por Carol Almeida
Pessoas atrás das represas do ser paulistano Escrito por Carol Almeida