capa 175Sem palavra não há doença

Como a literatura brasileira tem narrado a atual pandemia, por Cristhiano Aguiar. E mais: Italo Moriconi comenta seu livro "Literatura meu fetiche"; Allan da Rosa pensa as potências de "O livro preto de Ariel"; a vida política da paisagem a partir da luta de indígenas na Amazônia peruana

Clique para baixar o pdf

Italo Moriconi lança o livro "Literatura, meu fetiche"

banner suplemento set19

José Castello

Everardo Norões

SFbBox by casino froutakia